Notícias

11/11/2020

GLP caminha para recorde de loca??o em 2020

Maior empresa com atuac?a?o no segmento de galpo?es no Brasil, a GLP caminha para mais um ano recorde em novas locac?o?es. De janeiro a setembro, o volume de novos contratos chegou a 460 mil m2, o correspondente a 94% do total registrado no acumulado de 2019. A demanda de come?rcio eletro?nico, que ganhou forc?a com a pandemia de covid-19, correspondeu a 70% do total. O restante foram contratac?o?es feitas pelo varejo tradicional e operadores logísticos. 

“A mudanc?a de ha?bitos resultante da pandemia de covid-19 acelerou algumas tende?ncias que ja? vinham ocorrendo”, afirma o presidente da GLP, Mauro Dias. No acumulado de nove meses, houve alta de 134% das novas contratac?o?es. O movimento de busca de a?reas continua forte, no quarto trimestre, de acordo com Dias.

Para 2021, o presidente da GLP tem expectativa de continuidade de demanda por novas locac?o?es. “A participac?a?o do ‘e-commerce’ no varejo cresceu de 5% para 10%, neste ano, mas ainda e? muito pequena se comparada a? de outros pai?ses. Considerando dados pre?-pandemia, essa relac?a?o era de 25%, na China, e de 15%, nos Estados Unidos”, diz o executivo. Para Dias, havera? procura por galpo?es para acomodar o crescimento recente do come?rcio eletro?nico e para a continuidade dessa expansa?o. Ele pondera que, como este ano esta? sendo “ati?pico”, e? difi?cil projetar se o aumento da procura por a?reas sera? mantido na proporc?a?o atual.

A estrate?gia da GLP e? crescer pelo desenvolvimento de galpo?es no raio de 30 quilo?metros da cidade de Sa?o Paulo. Nos planos da empresa esta? desenvolver 1,5 milha?o de m2 - desse total, 400 mil metros quadrados tiveram ini?cio neste ano e sera?o conclui?dos ate? 2021. Até dezembro, a empresa chegará a 300 mil m2 entregues em 2020. 

“A taxa de vaca?ncia de Guarulhos esta? abaixo de 5%. A do ABC e? de 7%, enquanto a de Cajamar fica em 10%”, diz Dias. No entendimento do executivo, a vaca?ncia de um di?gito, em va?rios mercados, comec?ara? a “criar pressa?o sobre os prec?os”. “No u?ltimo ciclo, os prec?os cai?ram muito. Os valores esta?o, nominalmente, iguais aos de 2014, o que significa perda real de 30% a 40%”, diz o presidente da GLP.

Embora o foco da empresa esteja no desenvolvimento de galpo?es, aquisic?o?es na?o esta?o descartadas. A GLP comprou dois ativos, um galpa?o de 44 mil m2, em Jandira, na Grande Sa?o Paulo, e outro de 33 mil m2, em Betim, na Regia?o Metropolitana de Belo Horizonte. O galpa?o de Jandira esta? locado para um operador logi?stico e o de Betim, alugado para uma empresa de come?rcio eletro?nico.

Nos u?ltimos 12 meses, a empresa vendeu 16 ativos, por R$ 1,5 bilha?o (incluindo di?vidas), que fizeram parte das aquisic?o?es de portfo?lios em 2012 e 2014. “Sa?o ativos que ja? tinham completado seu ciclo”, diz o executivo. Fundos de investimento imobilia?rio (FII) te?m sido os principais compradores de propriedades comerciais para renda.

Fonte: Valor Econômico
Matéria realizada por Chiara Quinta?o — De Sa?o Paulo
Foto: Ana Paula Paiva/Valor

Voltar para histórico de notícias

FALE DIRETO COM A GENTE

Entre em contatoENTRE EM CONTATO

VIDEO CORPORATIVO

Assista no nosso canal do Youtube

Mais Notícias Relacionadas


欧美三级片